OKR e Scrum

,

OKR também complementa Scrum especificamente.

No meu artigo anterior sobre Metas Ágeis, eu escrevi como OKR pode ser usado para complementar Agile e Lean Startup:

Ao invés de planejamento estático com metas fixas anuais, OKR trabalha em ciclos de definição de metas trimestrais (ou menores),permitindo uma abordagem ágil e iterativa para definição de metas.

Se você não leu o artigo ainda, você deveria. Mas OKR também pode complementar Scrum especificamente:

Como OKR complementa Scrum

OKR dá autonomia ao time 

Em algumas empresas o Product Owner é chamado de “Proxy Owner” já que ele/ela simplesmente leva e trás a lista de features que foi priorizada pela diretoria. Como podemos dar para ele/ela o mandato para gerenciar o produto? Como podemos ter certeza que o time tem autonomia?

Se o papel do time é “entregar as features que o cliente/diretoria quer” isso nunca vai acontecer. A mentalidade tem que ser “o papel do time é alcançar os critérios de sucesso como descritos pelos Key Results e acordados com o cliente/diretoria. Vamos dá-los autonomia para fazer isto”.

OKR ajuda a priorizar o backlog de produto

Ainda que você deva focar em entregar resultados de negócios, você ainda precisa priorizar o backlog de produto.

Mas como esperamos que o Product Owner faça isto? É esperado que ela/ele use “valor percebido”como o critério, mas isto ainda é subjetivo. OKR pode ser a peça que falta, um framework simples e claro para decidir em quais features trabalhar.

Como Cagan escreveu sobre “product scorecards“, agora sendo substituídos por ele mesmo por OKRs: (minha tradução):

Um dos meus benefícios favoritos é que eles podem usualmente ajudar a eliminar boa parte do seu backlog/roadmap. Se uma  feature não afeta diretamente um dos principais KPI’s [Key Results] no product scorecard [ OKRs], geralmente está fora a lista.